Busca.
 

Sinduscon - RS
Sinduscon - SC
Sinduscon - PR
Sinduscon - SP
Sinduscon - RJ
Sinduscon - MG

MerCADi - Distribuidor Exclusivo para o Brasil progeCAD by progeSOFT.

Jornais e Revistas

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
 


Abece defende auditoria do projeto estrutural em paralelo à sua elaboração


A checagem do projeto estrutural por um segundo profissional tem se tornado uma prática comum nas construtoras do Estado de São Paulo. As empresas recorrem à verificação para enxugar custos, garantir a segurança dos empreendimentos e evitar patologias futuras.
O presidente da Abece (Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural), Marcos Monteiro, reconhece que os projetos desenvolvidos hoje possuem um nível de detalhamento muito inferior aos de 20 anos atrás, o que poderia ocasionar erros.
A Abece cadastra profissionais auditores de projeto, que se comprometem a seguir as recomendações propostas pela entidade. Veja a seguir entrevista com Marcos Monteiro.

A qualidade dos projetos estruturais caiu nos últimos anos?

Todo projetista reconhece que os projetos desenvolvidos hoje possuem um nível de detalhamento muito inferior aos de 20 anos atrás.
Nos últimos 20 anos, a pressão pela redução de custos de projetos foi absurda.
Hoje, o número de horas dedicado ao desenvolvimento de um projeto é cerca de 40% inferior ao de 20 anos atrás.

Quais os erros mais comuns nos projetos estruturais?

É necessário que se faça a diferenciação entre erros conceituais e erros de detalhamento.
O projeto estrutural define milhares de informações como bitola, dimensões de cada peça, procedimentos de execução etc.
São erros, em geral, percebidos na obra e que não têm relação com a capacidade técnica do profissional, mas sim com falhas no seu processo produtivo.
São erros muito diferentes dos erros conceituais, que podem levar a decisões equivocadas de projeto, a graves patologias e até a uma ruína da estrutura.

Como a checagem deve ser feita?

A entidade diferencia a verificação, realizada sobre um projeto já finalizado, e a auditoria, em que o auditor caminha junto com o projetista durante o desenvolvimento do projeto, discutindo conceitos, estabelecendo critérios e validando cada uma das etapas de projeto.
A entidade recomenda sempre a realização da auditoria desde o início do desenvolvimento do projeto.

O que as construtoras devem fazer para garantir a qualidade do projeto estrutural?

Existem cinco pontos que minimizam os riscos na contratação de um projeto estrutural: alocar valores de projeto compatíveis no orçamento do empreendimento (Tabelas de Honorários de Referência);
contratar projetistas com bom histórico profissional;
exigir critérios mínimos de desenvolvimento de projetos (escopo de projetos, recomendações);
estabelecer prazos adequados para desenvolvimento dos projetos;
e definir rotinas de recebimento de projetos (validação interna ou terceirizada).

Fonte: Abece


 
  Copyright © 2004
ClicEngenharia
www.clicengenharia.com.br

Fale Conosco!